segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Eu não acredito que você ainda não foi ver esta exposição!


No último feriado, dia 02 de novembro (Finados), eu fui a uma exposição belíssima!
Trata-se da mostra que acontece no Itaú Cultural, em São Paulo, e que traz um panorama completo da produção de Lygia Clark. O Itaú Cultural e a Associação Cultural "O Mundo de Lygia Clark" são as duas instituições responsáveis por esse evento.
Eu sempre soube da importância da artista brasileira, que, aliás, é muito considerada também no resto do mundo, mas eu a via de um lugar distante. Vejam só! Meu conhecimento resumia-se aos seus "bichos" e, mesmo assim, àqueles que se apresentam fixos, desde muito tempo, nos jardins do Ibirapuera ou do MAC na USP.

Pois bem, Lygia Clark: uma retrospectiva reúne uma centena de seus trabalhos, incluindo as pinturas geométricas e construtivas do início de sua carreira, e... o mais importante: passa pela fase sensorial da artista. 
Essa foi a que mais me surpreendeu e que despertou completamente minha emoção, sobretudo pelo modo como a mostra nos dá a conhecer e nos permite compreender esse estatuto de sua obra.
É que tal experiência revela um trabalho de “borderline”, envolvendo, portanto, a psicanálise e as artes plásticas. 
É essencial que você assista a um vídeo que é apresentado em uma das salas, no qual Lygia aparece falando dos objetos sensoriais que ela criava e onde podemos também assistir a uma demonstração da utilização terapêutica que ela fazia de cada um deles.

Além disso, o público tem a chance de ver, nessa retrospectiva, algumas obras inéditas e que nem sequer chegaram a ser executadas por Clark.
Mineira, de Belo Horizonte, Clark participou do movimento construtivo no Brasil, mas abandonou rótulos e escolas, quando chegou mesmo a denominar-se "não artista". Ela radicalizou conceitos e, portanto, é muito apropriado o modo como se chamava e era chamada: "propositora". 

Seu trabalho permanece importante por algo que é a essência desse trabalho e sinto que não posso denominar a isso de nenhum outro modo. A essência desse trabalho só pode ser denominada pela palavra AMOR.
Lygia Clark é puro amor.

Não deixe de ver: essa é a última semana do evento.
Exposição Lygia Clark: uma retrospectiva
Data: 01 de setembro (sábado) a 11 de novembro (domingo), sempre de quinta a domingo.
Horário: terça a sexta, de 9h às 20h. Sábado, domingo e feriado, das 11h às 20h
Local: Itaú Cultural -- Avenida Paulista, 149, São Paulo, SP
Telefone: (11) 2168 1700

Visite também o Museu Virtual criado em função desse evento.







5 comentários:

  1. Josafá, obrigada(o) pela dica. Você é o "cara"!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post. Também fiquei encantada pelas possibilidades de interagir com a obra dela.

    ResponderExcluir
  3. tentarei jogar a preguiça fora e ir....ótima dica Josafá

    ResponderExcluir
  4. vai sim Teresinha. vc vai curtir muito! :-D

    ResponderExcluir